Principal / Esporte / Alvi-azul ficou no 1 a 1 com o Independente e, por ter melhor campanha, joga a volta dependendo de um novo empate para seguir adiante
07 - TAQUARIENSE

Alvi-azul ficou no 1 a 1 com o Independente e, por ter melhor campanha, joga a volta dependendo de um novo empate para seguir adiante

O Taquariense está a um empate das quartas de final do Regional Certel/Sicredi da categoria Aspirantes. No último domingo, em Boa Vista do Sul, na casa do Boavistense, o alvi-azul, mesmo com um a menos desde o primeiro tempo, empatou em 1 a 1 com o Independente, de Cruzeiro do Sul. Como tem melhor campanha, um novo empate, na volta, na casa do adversário, no dia 14, lhe dá a vaga entre os oito melhores do certame.

Bastante desfalcado, com a defesa toda reserva e com um a menos desde o primeiro tempo, pode se dizer que o Taquariense conquistou um bom resultado ao empatar com o Independente, no último domingo. O início do jogo não foi bom para o Taquariense, que demorou para entrar na partida. Por sua vez, mais fraco tecnicamente, o Independente tentou na base da força para vencer o Taquariense, o que não deu muito certo. A partir dos 20 minutos, o Taquariense começou a comandar as ações do duelo. E não demorou para abrir o marcador. Aos 24, após troca de passes com Eninho, Filipi chutou forte, de fora da área, a bola quicou na frente do goleiro e foi para as redes, 1 a 0 Taquariense.
Em seguida ao gol, o Taquariense ainda criou mais duas boas oportunidades, mas não conseguiu colocar nas redes. A partida seguia tranquila para o alvi-azul, até que, aos 31 minutos, após sofrer uma falta não marcada pela arbitragem, Lucas, involuntariamente, derrubou um adversário. A arbitragem deu cartão amarelo ao volante, o segundo no jogo, e teve que expulsá-lo, deixando o Taquariense com um a menos.
A partir daí, o alvi-azul recuou e começou a especular os contragolpes, quando criou boas oportunidades, mas sem sucesso.
ESPORTES - ASPIRANTES - EscalaçãoNo segundo tempo, o Independente foi com tudo atrás do empate, mas deixou espaços na defesa. Espaços estes que o Taquariense aproveitou com velocidade nos contra-ataques. Foram, pelo menos, duas chances claríssimas com Mateus e Hígor, mas ambas perdidas.
O jogo encaminhava-se para o final, com vitória do Taquariense quando, aos 48 minutos, o Independente chegou ao empate. Após escanteio, houve bate-rebate, Saimon aproveitou a sobra e colocou nas redes, 1 a 1, placar final.
Com o empate na ida, no duelo de volta, no dia 14, em Cruzeiro do Sul, o Taquariense, por ter melhor campanha, joga por um novo empate. O Independente precisa vencer por qualquer placar para ficar com a vaga entre os oito.
Nos demais confrontos, ainda no domingo, nenhuma surpresa. Em Vespasiano Correa, o Estudiantes, de Lajeado, terceiro, ficou no 0 a 0 com o 7 de Setembro, de Capitão, 16º. Na volta, o Estudiantes precisa de um novo empate, enquanto o 7 de Setembro precisa vencer.
No clássico de Arroio do Meio, o 7 de Setembro, 14º, recebeu o Rui Barbosa, quarto, e venceu por 1 a 0. Na volta, o Rui Barbosa precisa vencer no tempo normal e nos pênaltis, enquanto o 7 de Setembro joga pelo empate.
Em Lajeado, o São Cristóvão, melhor campanha, derrotou por 1 a 0 o Ouro Verde, de Encantado, nono, e joga a volta dependendo de um empate. O Ouro Verde precisa vencer no tempo normal e nos pênaltis.
Em Marques de Souza, o Brasil, 13º, perdeu por 3 a 1 para o Palanque, de Venâncio Aires, sexto. Na volta, o Brasil precisa vencer por qualquer placar para levar a decisão para os pênaltis. O Palanque joga pelo empate.
Em Bom Retiro do Sul, o Rudibar, segundo, empatou em 3 a 3 com o Atlético Gaúcho, de Teutônia, quinto. Na volta, o Rudibar joga pelo empate, enquanto o Atlético precisa da vitória.
Em Venâncio Aires, o Flor de Maio, oitavo, perdeu por 2 a 0 para o Imigrante, de Estrela, 11º. Na volta, o Flor de Maio precisa vencer no tempo normal e nas penalidades, enquanto o Imigrante joga pelo empate.
Fechando a rodada, também em Venâncio Aires, o Assespe, 15º, ficou no empate em 1 a 1 com o Juventude, de Brochier, 10º. Na volta, o Juventude, joga por um novo empate, enquanto o Assespe necessita da vitória no tempo normal para levar para as penalidades.

ESPORTES - ASPIRANTES - Resultados

Apenas dois mandantes vencem os duelos de ida das quartas de final na Titulares

Também na tarde do último domingo, foram disputadas as partidas de ida das quartas de final do Regional Certel/Sicredi da categoria Titulares. E dos oito primeiros colocados do ranking, somente três venceram, enquanto apenas dois mandantes saíram de campo com a vitória.

A surpresa maior da rodada ficou por conta da derrota do São Cristóvão, terceiro do ranking, em Lajeado, por 3 a 2 para o Ouro Verde, de Encantado. Luisinho e Josué, duas vezes, marcaram para o Ouro Verde, enquanto Dioguinho Silva, em duas oportunidades, anotou para os donos da casa.
Na volta, no dia 14, em Encantado, o Ouro Verde joga pelo empate no tempo normal. O São Cristóvão terá que vencer no tempo normal para levar a decisão para as penalidades.
Em Vespasiano Corrêa, o Cruzeiro, 16º, recebeu o 7 de Setembro, de Capitão, melhor campanha, e ficou no empate em 0 a 0. Na volta, Em Capitão, um novo empate dá a vaga ao 7 de Setembro. O Cruzeiro precisa vencer por qualquer placar para ficar com a vaga.
Em Arroio do Meio, aconteceu o clássico municipal entre 7 de Setembro, segundo do ranking, e Rui Barbosa, 15º. Jogando em casa, o 7 de Setembro se deu bem e venceu por 3 a 1, gols dois gols de Diego Marder, que voltou a deixar sua marca de artilheiro, e Diogo Rizzetti. Na volta, na casa do Rui Barbosa, o 7 de Setembro joga pelo empate. Por sua vez, o Rui Barbosa terá que vencer no tempo normal e nas penalidades para ficar com a vaga.
Em Marques de Souza, o Brasil, 13º, perdeu para o Esperança, de Arroio do Meio, quarto colocado, por 3 a 2. Na volta, em Arroio do Meio, o Esperança precisa do empate, enquanto o Brasil terá que vencer no tempo normal para levar a decisão para as penalidades.
Em Bom Retiro do Sul, o Rudibar, 12º, teve pela frente o Atlético Gaúcho, de Teutônia, quinto do ranking, e conseguiu um ótimo resultado ao vencer por 3 a 2. Na volta, em Teutônia, o Rudibar joga por um empate. Já o Atlético Gaúcho terá que vencer no tempo normal para levar a decisão para os pênaltis.
Em Venâncio Aires, o Flor de Maio, 11º do ranking e atual campeão, ficou no empate em 0 a 0 com o Juventude, de Westfália, sexto colocado e campeão em 2016. Na volta, em Westfália, o Juventude, por ter melhor campanha, joga por um novo empate. O Flor de Maio precisa vencer no tempo normal para continuar na luta pelo bi.
Em Boa Vista do Sul, o Boavistense, 10º colocado, recebeu o Independente, de Cruzeiro do Sul, sétimo, e empatou em 1 a 1. A partida foi encerrada aos 31 minutos do segundo tempo pela arbitragem, que alegou falta de segurança, pois, segundo testemunhas, havia um torcedor armado no local.
Na volta, em Cruzeiro do Sul, o Independente, por ter melhor campanha, joga por um novo placar igual, enquanto o Boavistense precisa vencer no tempo normal para ficar com a vaga.
Fechando a rodada, em Venâncio Aires, o Assespe, nono, perdeu por 2 a 1 para o Juventude, de Brochier, oitavo. No duelo de volta, em Brochier, o Juventude joga pelo empate para seguir na briga. Já ao Assespe, não resta outro resultado que não seja a vitória para levar a decisão para os pênaltis.

ESPORTES - TITULARES - Resultados

Além disso, verifique

06 - COLORADO

Neste domingo, Colorado recebe o Minuano, de Canudos do Vale

O Colorado decide o seu futuro na Série B do Regional Certel/Sicredi neste domingo, às ...

xu hướng thời trangPhunuso.vnshop giày nữgiày lười nữgiày thể thao nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcmphụ kiện thời trang giá rẻ