Principal / Mistura Fina / MISTURA FINA: A fúria de Vânius
MISTURA - Vânius NET

MISTURA FINA: A fúria de Vânius

O vereador Vânius Nogueira (PDT) fez um discurso inflamado na sessão do Legislativo realizada na segunda-feira, dia 2 de julho, defendendo os municipários. De acordo com o vereador, há servidores públicos na prefeitura de Taquari recebendo menos de um salário mínimo, o que é proibido por lei, e isso foi enviado para análise do Superior Tribunal de Justiça. De acordo com o vereador, o parecer do tribunal é de que a insalubridade e triênios fariam que os funcionários públicos atingissem o salário mínimo, que é de R$ 954,00.
Vânius foi contundente com suas críticas em relação ao Tribunal Superior de Justiça. “Esses cafajestes, sem vergonha que estão lá em cima, Tribunal Superior, julgam que somados os vencimentos se equipara ao salário mínimo. Isso dá nojo da política, é nojento para nós, políticos e sindicalistas, dá vontade de dar um cuspe na minha cara mesmo. Esses cafajestes que ajudam a roubar do país, isso dá nojo. Se um dia eu tiver que morrer por dar um tiro na cara de um sem vergonha desses, eu tenho coragem, eu digo para vocês vou deixar minha história no país”, frisou Vânius.

Tribunal de Contas do Estado recebe denúncia contra assessores legislativos

Em entrevista ao Mistura Fina, na manhã de quinta-feira, o presidente do Legislativo, José Harry Saraiva Dias, disse que recebeu ofício do departamento de Controle Interno da Prefeitura, comunicando que dois assessores legislativos foram denunciados na ouvidoria do Tribunal de Contas do Estado. A denúncia é contra Gustavo Costa e Marcos Pereira Junior e o teor é de que ambos não cumprem sua carga horária na Câmara de Vereadores.
Zé Harry diz que vai fazer um levantamento de informações dentro da Câmara de Vereadores. “Vou verificar este procedimento, vou fechar o cerco e investigar”, disse o vereador.
Gustavo Costa falou ao Mistura Fina na tarde de quinta-feira, dia 5, que não sabe da denúncia contra ele, mas que está tudo certo com seu livro ponto. “Pode ter sido qualquer pessoa na base da ruindade, querendo ou não somos muito visados. Por exemplo, agora, estou trabalhando na ExpoTaquari das 10h às 22h”. Gustavo diz que foi a Porto Alegre duas a três vezes a trabalho da Câmara e que não faltou nenhum dia de trabalho neste ano.
Marcos Pereira Junior também disse que não foi informado da denúncia. “Só se for que eu trabalho demais, daí eu concordaria. São onze horas da noite eu ainda estou trabalhando. Eu cumpro a carga horária cem por cento e mais do que deveria”, garantiu Marcos.
Zé Harry vai responder ao Controle Interno da Prefeitura nesta sexta-feira. O controlador interno da Prefeitura, Renato Nunes, não foi localizado para falar sobre este assunto, até o fechamento da edição.

O “xis” da questão

Na sessão do Legislativo realizada na segunda-feira, dia 2, o vereador Tio Nei (PSDB) relatou sobre uma viagem que fez para Itajaí, em Santa Catarina. Ele reclamou na tribuna da diferença tributária entre os dois estados e usou, entre os exemplos, o preço do “xis”. “Lá eu estava no hotel e pedi três xis, e o entregador cobrou R$ 32,00. Eu disse que queria pagar os três lanches, não um e ele respondeu que R$ 32 eram os três. Um xis em Taquari é 25 pila. Estamos sendo massacrados pela carga tributária”, salientou o tucano.
Após o pronunciamento de Tio Nei, o vereador Ramon Kern de Jesus defendeu o valor do lanche na cidade. “Se é mais caro que nos outros lugares, é porque temos o melhor xis do mundo. Os artistas que se apresentam no Natal Açoriano comem e ainda levam para casa”. Para o vereador Ramon, a Secretaria de Indústria e Comércio deveria intitular Taquari a cidade do xis.

“Tu é rico”

O vereador tucano Tio Nei anunciou, na sessão legislativa, que em julho vai tirar 16 dias de licença para dar espaço aos suplentes. Em princípio, assumiria a cadeira o Beto da Beira do Rio. “Vão vir outros na sequência para conhecer, aprender na Câmara. Eles trabalharam de casa em casa como nós, merecem. Espero que Marquinhos e Mara também façam isso”. Marquinhos do Eli Gordo e Pastora Mara são vereadores da bancada tucana. Depois do pronunciamento do Tio Nei, Marquinhos rebateu: “Tu é rico”, justificando que por esse motivo ele poderia tirar licença!

Luciana Genro participa de debate na Câmara de Vereadores

A organização de educação popular Emancipa promove o evento Educação em Debate, no dia 12 de julho, às 18h30, na Câmara de Vereadores de Taquari. Participam do debate a presidente do Emancipa e idealizadora do Emancipa Mulher, Luciana Genro, a socióloga e professora do Emancipa, Nina Becker, a coordenadora da Secretaria Municipal de Educação de Taquari, Ana Paula Nunes Arnt, e o estudante de História e organizador do Coletivo pela Educação Popular TransENEM, Caio de Souza Tedesco.
Entre os assuntos debatidos, estão feminismo, identidade de gênero, direitos LGBTs. A entrada é por ordem de chegada.

Além disso, verifique

MISTURA - Buraco MAIOR

MISTURA FINA: Vias asfaltadas também precisam de manutenção

Na semana passada, a prefeitura anunciou o asfaltamento de 18 ruas no município, com investimento ...

xu hướng thời trangPhunuso.vnshop giày nữgiày lười nữgiày thể thao nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcmphụ kiện thời trang giá rẻ