Taquari, 19 de Junho de 2018
NOTÍCIAS
06/04/2018
Assaltantes abordam gerente de farmácia e levam malote

Mais um caso de roubo a malote ocorreu em Taquari. Na tarde de segunda-feira, dia 2, o gerente de uma farmácia foi abordado por assaltantes enquanto ia até a agência do Banrisul.
O assalto aconteceu por volta das 17h30, próximo a Lebes. A reportagem foi informada de que a vítima havia ido até o banco de carro e, ao descer, dois homens que estavam em uma motocicleta Honda 150, de cor preta, pararam do lado do veículo e anunciaram o assalto.
Os criminosos teriam levado apenas o malote e, em seguida, fugiram. A Brigada Militar fez buscas pela região, mas não conseguiu encontrar os suspeitos. 
Horas antes do assalto, pessoas começaram a postar nas redes sociais que havia dois homens em atitude suspeita dirigindo pelo Centro da cidade. Eles estariam vestindo casacos pretos. A Polícia Civil investiga o caso.
 
Terceiro caso em 2018
 
Já foram registrados três casos de roubo a malote desde o início deste ano. O primeiro aconteceu no dia 4 de janeiro, ocasião em que funcionárias de um estabelecimento próximo ao Banrisul foram abordadas em frente à agência. Os ladrões entraram em um Siena branco, onde estaria outro indivíduo, e fugiram em direção à barca. 
O segundo caso ocorreu no dia 14 de fevereiro, quando um funcionário do Posto de Combustível 24 Horas, situado na rua Osvaldo Aranha, Centro, foi assaltado por um homem armado em frente à porta do Banrisul, que fica na mesma quadra do posto. Após pegar o malote, o assaltante entrou em um veículo e fugiu em direção ao bairro Praia. O veículo utilizado no assalto foi encontrado horas depois no Loteamento Figueira.
 
Alerta à população
 
A Delegada de Polícia, Betina Martins Caumo, alerta que os proprietários de estabelecimentos que costumam realizar depósito de malotes evitem seguir uma rotina. “O que a gente percebe: as pessoas que fazem depósito para as empresas costumam ser sempre as mesmas e quase sempre em horários padronizados”, afirma.
Por isso, ela pede que os comerciantes tenham mais cuidado.  “A recomendação é que seja alterada a rotina e haja troca das pessoas que depositam o malote. Inclusive, essas pessoas costumam estar uniformizadas, o que chama ainda mais a atenção.”
Ela também afirmou que, com base nas investigações, existem pessoas que ficam apenas cuidando a movimentação para pegar vítimas distraídas. “Possivelmente algum criminoso local dá informações a bandidos de fora. Porque, no assalto ao malote do posto, foram bandidos desconhecidos e provavelmente não são da cidade”, concluiu.

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por