Taquari, 17 de Outubro de 2018
NOTÍCIAS
09/02/2018
MISTURA FINA: Prefeitura deve publicar licitação para concluir o Centro Administrativo

Nos próximos dias, a Administração Municipal deverá publicar edital de licitação visando a contratar empresa para a conclusão do Centro Administrativo, obra orçada em R$ 3.691.211,14.
Segundo o prefeito Maneco, há R$ 1.708.301,22 disponíveis para a construção, através de recursos do Programa de Modernização da Administração Tributária e dos Setores Sociais Básico Automáticos, financiados pela Prefeitura junto ao BNDES. O restante da obra deverá ser pago com dinheiro do caixa da Administração Municipal. “A planilha de custo foi divida por andar. No contrato, vai ter uma cláusula que determina que a obra é autorizada por etapas. Com os recursos do PMAT, dá para concluir três andares”, explica Maneco.
Após a conclusão desta primeira etapa, a prefeitura seguirá a obra de acordo com o fluxo do caixa. Quando houver recursos suficientes para a conclusão de mais um andar, será realizada outra etapa da obra.
O Centro Administrativo começou a ser construído há quase 30 anos, durante a gestão do Prefeito Celso Martins (PSDB). Apenas o subsolo e o primeiro andar do prédio foram concluídos e são utilizados pela administração municipal desde então. Ainda falta concluir a obra em quatro andares do prédio, mas é também necessário realizar reformas no térreo e subsolo. 
Depois de Celso, outros quatro prefeitos administraram o município, mas fizeram apenas obras emergenciais no Centro Administrativo e não o concluíram. Somente na gestão de Maneco, que iniciou em 2013, é que começaram a ser investidos recursos para a conclusão do prédio. Em 2015, a Administração gastou cerca de R$ 100 mil para colocar esquadrias e vidros nas aberturas dos andares que não estão sendo utilizados, já que as janelas eram fechadas apenas com tapumes. Os recursos também serviram para a pintura externa do prédio e melhorias na cobertura, onde havia infiltrações. Para Maneco, a conclusão do Centro Administrativo melhorará o atendimento à comunidade, pois centralizará todos os setores no mesmo prédio, e tornará mais ágil a gestão pública.  “Foram mais de 20 anos na espera desta obra, que é histórica, e agora estamos conseguindo realizar e concluir o prédio da prefeitura”, comemora.
 
Há vagas
 
A prefeitura de Taquari abriu inscrição para Processo Seletivo Simplificado visando à contratação de 59 profissionais para a secretaria municipal de Educação. A seleção será feita por análise de currículos, que serão recebidos exclusivamente pela Comissão Avaliadora na Prefeitura, na sexta-feira, 16, e na segunda-feira, 19 de fevereiro, das 9h às 11h30 e das 14h às 16h. 
As vagas disponíveis são servente (10), auxiliar de pré-escola (15), instrutor de informática (3), professor de educação infantil para o turno da manhã (5), professor de anos iniciais para o turno da tarde (5), professor de educação física – turno a definir (2), professor de história para turno da manhã (1), professor de história para o turno da tarde (1), professor de geografia para o turno da manhã (2), professor de matemática para o turno da manhã (3), professor de ciências para o turno da manhã (2), professor de música para o turno da manhã (1), professor de música para o turno da tarde (2), professor de artes para o turno da manhã (2), professor de língua portuguesa para o turno da manhã (3), professor de AEE (1) e supervisor educacional (1).
A taxa de inscrição é de R$ 30,00, que deve ser paga na Tesouraria Municipal, das 8h30 às 11h30. A comissão, formada por três servidores municipais, avaliará os currículos com base na formação e experiência na área. O edital do processo seletivo está disponível no site da prefeitura, através do link Publicações Oficiais.
 
Documentos necessários
 
Os candidatos precisam levar, no ato da inscrição, os documentos exigidos no edital, que são ficha de inscrição (anexa no edital); documento oficial com foto; certificado militar (para candidatos do sexo masculino); título eleitoral e comprovante de votação da última eleição; comprovante de escolaridade; comprovante de endereço (água ou luz, em nome do candidato ou declaração do proprietário); currículo profissional (nos moldes do edital, acompanhado de cópia autenticada dos títulos); comprovante de taxa de inscrição; e comprovante de experiência profissional no cargo na área pública (nos últimos 10 anos, caso tenha).
 
Tio Nei quer 
ir a Brasília
 
Na segunda-feira, 29 de janeiro, os vereadores aprovaram por unanimidade um requerimento do vereador Tio Nei (PSDB), solicitando a formação de uma comissão para ir a Brasília buscar recursos para o município. Na tribuna, o tucano pediu apoio aos colegas. “Fiz esse requerimento, para irmos a Brasília, devido a ser um ano de eleição. E agora é a hora de nós irmos lá tentar buscar recurso para o nosso município. Convido os colegas que apoiam esse requerimento e que nós possamos trazer juntos para a nossa cidade algum recurso”, disse.
Depois de aprovar o requerimento, os demais vereadores não se manifestaram sobre a viagem e a possível formação da comissão.
 
Na quinta-feira, tem churrasco em Aterrados
 
Na próxima quinta-feira, 15 de fevereiro, está agendada a visita do Governador José Ivo Sartori a Taquari para a inauguração do asfaltamento de Aterrados e da reforma da Escola Nossa Senhora da Assunção. As autoridades devem realizar as cerimônias de inauguração durante a tarde, mas, ao meio-dia, moradores de Taquari e Tabaí estão convidados para um churrasco em Aterrados. A carne será paga pelos prefeitos de Taquari e Tabaí, Maneco e Arsênio Cardoso, para comemorar a conclusão da obra, considerada “um sonho realizado” para os dois municípios. Quem quiser participar da festividade precisa levar cadeira, talheres e prato.
 
O Soneca morreu
 
No fim da tarde da última quarta-feira, Donário Ferreira da Silva, 57 anos, o Soneca, faleceu em decorrência de um mal súbito. Por mais de uma década, Soneca morou pelas ruas de Taquari e passava muito tempo na Praça Matriz, no Centro do município. Desde setembro do ano passado, seu estado de saúde havia se agravado e ele passou a residir com a irmã, Eva Martins, e sua família, na localidade de Pinheiros. Ele faleceu no local. O velório e sepultamento ocorreram na manhã de ontem. Soneca foi sepultado no Cemitério dos Almeida. A Prefeitura de Taquari arcou com as despesas do funeral.
 
 

 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por