Taquari, 18 de Outubro de 2018
NOTÍCIAS
00/00/0000
Produtores mobilizados no combate ao abigeato

Mais de 30 produtores vítimas de abigeato estiveram em uma reunião na Câmara de Vereadores, na tarde da segunda-feira, 19.
 
 O evento foi promovido pelo presidente do Legislativo, Marcos Adriano Lerner (PDT). Para ele, o crime de abigeato, que é furtar o gado da propriedade, é um dos maiores problemas do município e gera perdas para a Administração e os produtores. “O Município perde com isto porque não sai a nota de ICMS, a Administração e o proprietário perdem”.
Conforme relato das vítimas, em oito anos, cerca de 200 animais foram furtados no município. José Auri Cardoso lembrou que teve 50 animais furtados em dois anos. Em muitos casos, os produtores registraram ocorrência policial, mas reclamaram que nada foi apurado. 
Um dos produtores relatou que teve 51 animais furtados em dois anos. Outro destacou a necessidade de ser investigada a procedência da carne nos estabelecimentos de comercialização.  “O governo tinha que tomar uma providência de pegar nas pontas, nestes açouguezinhos que tem na cidade, nos mercados, em tudo quanto é lugar tem carne clandestina”, disse.   
Durante a reunião, foi feita uma ata para ser encaminhada ao Ministério Público. “O objetivo é reunir todos os que foram lesados, fazer uma ata com nomes e assinaturas, para ser encaminhada pelo Ministério Público, que poderá acionar a força tarefa do MP para dar apoio nas investigações. Sabemos da situação da polícia daqui, só temos um inspetor que se sair tem que fechar a delegacia, o delegado que atende aqui é de Teutônia. Não podemos cobrar deles esta atitude de solucionar o problema. Por isso estamos tentando buscar este apoio maior direto do Ministério Público”, disse o presidente.
Lerner considera a situação do município preocupante “Não quer dizer que aquele que foi furtado em 20 ou 50 tem mais valor daquele que teve um furtado. Todo mundo é igual e nós temos que solucionar o problema”.
 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por