Taquari, 23 de Abril de 2018
NOTÍCIAS
26/01/2018
O desejo de ajudar o próximo

A pequena Clara Melo Conceição, de 5 anos, ainda é uma criança, mas já demonstra sua preocupação com o bem-estar social. Depois de assistir na televisão a uma reportagem com crianças hospitalizadas em tratamento contra o câncer, que tinham o sonho de ter cabelos, a moradora do Tinguité, na época com pouco mais de três anos, tomou uma decisão: não iria mais cortar os cabelos até que atingissem o tamanho ideal para a doação.
“Ela viu na televisão e pediu: o mãe, dá para eu cortar um pedaço do meu cabelo para doar para aquela guriazinha? Eu disse: dá, o dia que q tu for cortar o cabelo, tu pode doar. E aquilo ficou, eu acabei esquecendo. Só que ela não esqueceu, ficou sempre dizendo que queria doar”, conta a mãe, Alessandra Lopes Melo, 43 anos.
A mãe diz que ficou apreensiva com a história, com medo que a filha, por ser muito pequena, acabasse se arrependendo de ter cortado o cabelo nos ombros. “Mas ela sempre estava bem faceira, dizendo que queria doar. Deixei”, recorda. A mãe, inclusive, gravou um vídeo da filha, em que ela explicava os motivos de querer doar. “Quero fazer as crianças do hospital felizes”, disse Clara.
O tão esperado corte aconteceu na terça-feira, 16 de janeiro, data do aniversário de 5 anos da menina. As madeixas para doação medem 28 centímetros. Os cabelos ainda estão guardados na residência da família, que procura a melhor forma de os entregar para doação. “Fiquei sabendo que dá para mandar pelo correio, mas tenho medo que se perca. Estou atrás de um lugar que dê para eu entregar pessoalmente, para não se perder”, contou.
Entre os locais que recebem o material para a confecção de perucas e doação a pacientes com câncer, estão o Instituto da Mama (Imama), de Porto Alegre, e a ONG Cabelegria.
 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por