Taquari, 20 de Abril de 2018
NOTÍCIAS
22/12/2017
No papel de Papai Noel

Neste época de confraternizações natalinas é comum as pessoas se sensibilizarem com a causa de desconhecidos, especialmente, dos que têm mais dificuldades financeiras. Muitas pessoas adotam cartinhas destinadas ao Papai Noel para levar um pouco de alegria e esperança, especialmente, às crianças.
Há um mês, um grupo que está trabalhando na Vila São Francisco assumiu a função de “bom velhinho”. Cinco agentes de um programa que acompanha crianças de 0 a 5 anos: Caroline Labres, Rosália Atkinson, Milena Machado, Juliana  Dallalba e Sérgio Martins estão trabalhando naquela comunidade, acompanhando o desenvolvimento de crianças de 0 a cinco anos. “Conhecemos mais a realidade deles, que vai além do que ouvimos falar. É totalmente diferente, e muito pior. Conversando entre nós, tivemos a ideia das cartinhas”, contou Caroline. 
Com a ajuda da moradora da São Francisco, Sirlei Rodrigues, eles solicitaram que as crianças com até 6 anos fizessem seu pedido ao Papai Noel. Na semana passada, foram recolhidas 87 cartas, com pedidos de cestas básicas e brinquedos. “ Foram logo todas adotadas pela comunidade, empresas e 
comércio, no mesmo dia”, destaca. Depois, chegaram mais 40 pedidos, totalizando 127 cartas. “Em todas as cartinhas eles pedem se o Papai Noel puder levar o presente. Senão, tudo bem. Eles já estão conformados”, lembra Rosália. 
Mas um dos pedidos chamou mais a atenção dos agentes. Em uma das cartas, uma criança pediu paz. “Foi a única que não pediu presente”, destaca Rosália. “Ela só queria um doce e que naquele doce tivesse muita paz e felicidade para a família dela. Tive a impressão que ela não é feliz na casa dela, entendi assim; que prefere ser feliz ali do que ganhar um presente para se divertir. Isto é o que mais toca a gente, ser tão pequena e querer tão pouco”, diz Caroline. 
Os agentes ainda estão arrecadando doações, como alimentos e roupas (podem ser usadas), especialmente para as crianças. 
Os presentes serão entregues pelo Papai Noel, no domingo, na Rua A, na Vila São Francisco, em frente à residência de Sirlei Rodrigues, que realizará uma festa com almoço. A moradora organizou um bingo, realizado em novembro, para obter recursos para o evento. Serão disponibilizadas cama-elástica e piscina de bolinhas. 
As pessoas interessadas em colaborar podem entrar em contato com os voluntários através do telefone 99465-2375.
 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por