Taquari, 18 de Novembro de 2017
NOTÍCIAS
10/11/2017
Reforma do Idesc deve custar até R$ 6,4 milhões

Na manhã de ontem, a Prefeitura publicou as alterações no edital de licitação para contratação de empresa que realizará a reforma do prédio do antigo Idesc/Seminário Seráfico. Com adequações feitas no projeto, a obra, que estava orçada inicialmente em R$ 5,9 milhões, passará a ter o custo máximo de R$ 6.423.149,43.
As adequações são referentes ao projeto de instalações elétricas e climatização do prédio, entre outros. Além disso, foi necessário orçar a administração da obra, que inclui visita de engenheiros e vistorias. Tais alterações aumentaram o custo, tendo em vista que não estavam previstas, no primeiro edital da reforma publicado pela Prefeitura, em julho deste ano.  O edital acabou sendo impugnado, após pedido de uma das empresas interessadas que apontou os equívocos no projeto.
Com a nova publicação, as cartas-propostas apresentadas pelas empresas devem ser abertas na terça-feira, 12 de dezembro, às 9h. O valor da obra, que está estimado em R$ 6.423.149,43, pode baixar, conforme os valores apresentados pelas empresas interessadas na obra. Vence a licitação a empresa que cumprir todos os quesitos do edital, pelo menor valor.
Após a conclusão do processo licitatório, será assinada a Ordem de Serviço. A partir da data da assinatura deste documento, a empresa vencedora da licitação terá 240 dias (oito meses) para concluir a reforma.
A Prefeitura pagará a obra de forma parcelada, em 48 parcelas mensais, acrescidas da taxa de juros, que não poderá ser superior a 12% ao ano, calculadas pela tabela Sistema de Amortização Constante (SAC) e corrigidas mensalmente pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPCA), a incidir sobre o saldo devedor.
Após a reforma, o prédio será cedido à Zanc Assessoria de Cobrança, empresa que deve instalar um call center no local. Se mantida a média mensal de 600 empregos, em 10 anos, o prédio será doado à empresa.
 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por