Taquari, 18 de Novembro de 2017
NOTÍCIAS
13/10/2017
Comissão do Conselho de Saúde deverá visitar posto do Coqueiros

O vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde, Francisco Gabriel de Carvalho, apresentou na reunião da segunda-feira, 9 de outubro, na Secretaria Municipal de Saúde, uma reclamação sobre falta de médico na unidade de saúde do Bairro Coqueiros. 
Conforme relato do vice-presidente, não há medicamentos, como Omeoprazol e Ibuprofeno, nem médicos e que os pediatras não estão atendendo. “Temos que trazer ao conhecimento dos conselheiros porque somos os fiscalizadores. Não adianta estarmos aqui para bonito”, afirmou o vice-presidente.    
Uma comissão foi montada para visitar a unidade básica de saúde e o Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS) em data a ser definida. 
O vereador Leandro Mariante (PT), que participou pela primeira vez da reunião, destacou a necessidade de oficializar os fatos. “No (serviço) público, se tu não registras, não vale. Como na polícia, se derem cinco tiros no Centro e não registrar na delegacia, não existe o fato. No público, tudo tem que ser escrito, registrado”. Ele contou que em julho solicitou à prefeitura, através de requerimento, o número de denúncias protocoladas e não tinha nenhuma.
 
Aprovado relatório financeiro do segundo quadrimestre 
 
Os membros do Conselho Municipal de Saúde reuniram-se na noite da segunda-feira, 9 de outubro, para apreciar o anexo financeiro do relatório de gestão da Secretaria Municipal de Saúde do segundo quadrimestre de 2017. 
Segundo os dados apresentados, na fonte de receitas municipais, em 30 de abril, o saldo era de R$ 48.562,07, as receitas de maio a agosto foram de R$ 3.420.351,52, tiveram rendimentos de R$ 349,14 e despesa foi de R$ 3.313.127,63, ficando saldo em 31 de agosto de R$ 156.135,10.
Na fonte de receita estadual, havia saldo de R$ 556.509,86, as receitas foram de R$ 847.995,11, o rendimento de R$  6.070,87, a despesa de R$ 855.243,35, restando R$ 555.332,49. Na fonte de receita federal, o saldo era de R$ 1.074.478,90, receitas de R$ 2.654.799,18, rendimento de R$ 25.869,20 , despesa de R$ 2.547.934,68, ficando saldo de R$ 1.207.212,60.
No total das três fontes de recursos, a despesa no final dos quatro meses foi de R$ 6.716.305,66 e o saldo em 31de agosto de 1.918.680,19.
O relatório é sempre apresentado pelo conselheiro representante da Secretaria da Fazenda, Pedro Ramos. No entanto, na reunião desta semana, ele não pode comparecer e a secretaria da Saúde designou outra pessoa, que estava participando da reunião pela primeira vez. O relatório foi lido pelo presidente do Conselho, Gilberto Hermann, e aprovado pelos conselheiros. Porém, as dúvidas relacionadas aos números não puderam ser sanadas na reunião. 
O mesmo relatório será apresentado na segunda-feira, 16 de outubro, em audiência pública, na Câmara de Vereadores, a partir das 10h. 
 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por