Taquari, 14 de Dezembro de 2017
NOTÍCIAS
06/10/2017
PAVERAMA: Agência do Banrisul é explodida

Já eram 14h da tarde da quarta-feira, quando o casal Maria Abrelina, 73 anos, e Martílio Ricalde, 78 anos, chegaram ao Banrisul para sacar a aposentadoria. “Meu Deus do céu, que horror”, reagiu a senhora ao saber que a agência bancária havia sido explodida durante a madrugada.
Os moradores do Morro dos Belo ficaram assustados com a situação. “A coisa está terrível. A gente que é velho, ganha pouquinho, e ainda trabalha para não passar necessidade”, disse Abrelina. Orientado pelos guardas do banco que estavam em frente à agência explodida, o casal precisou se dirigir à sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) para ver se conseguir sacar o dinheiro e pagar suas contas.
A agência do Banrisul, situada na Rua 5 de março, no Centro de Paverama, foi alvo de criminosos por volta da 1h30 da madrugada da quarta-feira, quando um grupo explodiu um caixa eletrônico e o cofre do banco. A polícia não divulgou informações sobre os valores roubados.
Pelo menos três homens participaram da ação. Eles estariam em um automóvel sedan, de cor prata. Conforme relato de moradores das proximidades, eles fugiram em direção a Morro Azul, interior do município. Ninguém ficou ferido.
Após o roubo, um casal de moradores do apartamento situado em cima do banco foi retirado de casa, em função do risco de terem ficado explosivos não detonados na agência. Mesmo após ter sido descartada esta hipótese, os moradores não haviam retornado à residência. O Fato Novo não conseguiu localizar o casal.
O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) está investigando o caso. Este foi o segundo ataque a banco registrado em 2017 em Paverama. No dia 18 de julho, criminosos explodiram a agência do Banco do Brasil, situada na Rua 4 de Julho, principal via do Centro de Paverama. Na ocasião, o cofre da agência também foi violado.
 
Outros ataques a banco na região
 
Além de Paverama, neste ano, outros municípios registraram ataques a agências bancárias. Em Tabaí, no dia 20 de setembro, por volta da 1h30, qautro homens explodiram dois caixas eletrônicos do posto bancário do Banrisul, situado na Rua 28 de Dezembro, Centro do município, e fugiram em direção a BR-386.
Em Bom Retiro do Sul, por volta da 1h30 do sábado, 19 de agosto, uma agência do Sicredi, localizada na Avenida Senador Pinheiro Machado, no Centro do município, foi alvo da ação de criminosos. Cinco homens armados pegaram cerca de 20 pessoas que passavam pelo local, montaram um cordão humano e colocaram explosivos na sala de autoatendimento. Foram realizadas quatro explosões para abrir os caixas eletrônicos. Depois de pegar o que conseguiram de dinheiro, fugiram em direção a Mariante. A polícia encontrou munição e marcas de disparo de fuzil e de revólver calibre 12 na agência.
Em Maratá, município próximo a Montenegro, no dia 10 de agosto, pelo menos cinco homens armados explodiram uma agência do Banrisul, por volta da 1h30 da madrugada, no Centro da cidade. Eles fugiram em um carro branco em direção a uma área rural da cidade.
Cerca de 40 minutos depois, uma outra agência, do Sicredi, foi atacada em Barão, município a 32 quilômetros de distância de Maratá. O ataque foi realizado com a ajuda de explosivos. Na fuga, os criminosos espalharam miguelitos pela rua, para impedir a perseguição da polícia.
Já no dia 3 de junho, caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal, situados na Prefeitura de Taquari, foram alvo de criminosos. Pelo menos dois homens invadiram a Prefeitura, renderam o vigia e arrombaram o caixa eletrônico com maçarico. Em dezembro de 2016, uma ação semelhante já havia sido registrada na Prefeitura de Taquari.
 
 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por