Taquari, 16 de Agosto de 2017
NOTÍCIAS
11/08/2017
Taquari não receberá recursos da Consulta Popular

O município de Taquari não atingiu o percentual mínimo de votação na Consulta Popular 2017/2018, realizada entre os dias 1, 2 e 3 de agosto, pela internet. Apenas 210 dos 21.268 eleitores taquarienses participaram do processo. O percentual de votação atingido é de 0,99%, enquanto o mínimo para receber recursos em municípios de 10 a 40 mil habitantes fica em 5% dos eleitores.
Não foi só Taquari que ficou de fora. Entre 36 municípios do Vale, 15 não atingiram os percentuais mínimos de votação. Para a presidente do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), Cíntia Agostini, a pouca adesão de alguns municípios na votação se atribui ao fato de os projetos elencados para o Vale do Taquari serem, na maioria, de amplitude regional. “Como a consulta é resultado de mobilização e não de participação autônoma, quando os municípios não se enxergam diretamente nos projetos, acabam não realizando mobilizações ou tendo mais dificuldades para estas mobilizações. Então acabaram se mobilizando para participação aqueles municípios que tinham interesses diretos no processo e aí fez com que boa parte dos municípios da região não atingissem o ponto de corte”, explica Cíntia.
A Consulta Popular é um meio de participação dos cidadãos no orçamento estadual. Anualmente, as regiões elegem suas prioridades para as cédulas de votação e os projetos mais votados recebem recursos do orçamento do Governo do Estado, no ano posterior à votação. Conforme a presidente do Codevat, Cíntia Agostini, nos últimos dois anos, o Vale tem recebido integralmente os recursos estaduais para desenvolvimento dos projetos escolhidos na Consulta Popular.
 
Projetos escolhidos no Vale do Taquari
 
1 – Aquisição de equipamentos para a consolidação de leitos de UTI adulto no Hospital de Encantado, no valor de R$ 607.740,57.
2 - Fomento à implantação do programa de uso, manejo e conservação do solo e da água, no valor de R$ 607.558,28. (Terão direito a receber recursos deste projetos os municípios de Anta Gorda, Capitão, Colinas, Coqueiro Baixo, Fazenda Vilanova, Ilópolis, Marques de Souza, Muçum, Pouso Novo, Progresso, Tabaí, sendo que cada um deverá receber R$ 55.232,57).
3 - Adequação da estrutura dos órgãos de segurança do Vale do Taquari, no valor R$ 607.558,28. (Terão direito a receber equipamentos de segurança os municípios de Colinas, Fazenda Vilanova, Ilópolis, Muçum, Pouso Novo, Relvado, Tabaí, Relvado, Vespasiano Corrêa).
 
Municípios que não atingiram o percentual mínimo
 
Lajeado, Estrela, Bom Retiro do Sul, Arroio do Meio, Teutônia, Paverama, Cruzeiro do Sul, Imigrante, Westfália, Travesseiro, Arvorezinha, Sério, Santa Clara do Sul, Forquetinha e Taquari.
 
Municípios que atingiram o percentual de votação
 
Encantado, Roca Sales, Muçum, Anta Gorda, Capitão, Progresso, Tabaí, Doutor Ricardo, Relvado, Marques de Souza, Nova Bréscia, Poço das Antas, Canudos do Vale, Vespasiano Corrêa, Colinas, Ilópolis, Fazenda Vilanova, Pouso Novo, Putinga, Dois Lajeados, Coqueiro Baixo.
 
 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por