Taquari, 18 de Dezembro de 2017
NOTÍCIAS
11/08/2017
PubliCIDADE: Só!

Você gosta de ficar sozinho? Sabe ficar feliz só? 
Saber ficar sozinho é poético, libertador e admirável! Sentar-se em sua própria companhia e conversar consigo sobre você.
Percebi que meu filho mais novo veio com “este acessório” desde o nascimento. Sabe ficar sozinho. Não é uma questão de educação ou criação. Desde bebê ele se acorda e fica “de boa” no berço. Faz sons, bate palmas, brinca com o próprio corpo ou o berço. Aos finais de semana, podemos dormir tranquilamente até mais tarde, mesmo ele estando acordado, pois ele não precisa de companhia. Admiro! Creio que puxou ao pai.
Saber deitar em uma cama e dar gaitadas na companhia de um bom filme. Para mim, na prática, ficar sozinha (ainda mais na cama), é o sinal de que estou doente ou em depressão. 
Não aprendi a ficar sozinha. Isso por vezes me frustra, pois sinto como se eu não me bastasse! Ai, que dramático! Mas realmente não aprecio ficar só comigo. Desde criança curto a muvuca, a bagunça, o barulho. Até para ler ou estudar tenho que estar acompanhada.
De manhã, só acordo se mais alguém estiver acordado, senão volto a dormir. E se eu não tiver sono, começo a me mexer na cama ou a caminhar dentro de casa até que alguma companhia se manifeste. Achava que isso se dava devido a minha criação. Sou a terceira filha, e cresci em uma casa de um banheiro só, então fazíamos tudo juntos, literalmente. Enquanto um está no banho o outro escova os dentes (ou outras necessidades). 
Mas meu filho veio mostrar que não é educação, é perfil.
Quero me preparar para um dia, ao sair do trabalho, me alegrar com a ideia de chegar em casa e ter a paz e o silêncio. Pois sei que este dia deverá chegar. Mas por enquanto, sigo feliz com o tumulto de uma casa cheia de barulhos e bagunças de família com crianças.
Por hoje, é “só”.
 
Daphne Becker

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por