Taquari, 21 de Outubro de 2017
NOTÍCIAS
04/08/2017
Corpo de Bombeiros reduz o horário de atendimento

No início do mês de julho, representantes da Prefeitura Municipal e da Câmara de Vereadores de Taquari e Tabaí foram até Porto Alegre para conversar com o secretário de Segurança Pública, Cezar Schirmer, sobre a situação do Corpo de Bombeiros de Taquari. Após ouvir a comitiva, Schirmer garantiu que o quartel não seria fechado.
Entretanto, mais uma vez, o quartel do Corpo de Bombeiros de Taquari passa por dificuldades para funcionar integralmente devido à falta de horas extras e de efetivo. A informação é do sargento do Corpo de Bombeiros de Montenegro, Adriane Camargo Lopes.
“No mês passado, não veio hora extra e estamos com pouco efetivo. Dependendo da cota de horas extras que mandarem, há a possibilidade de fechar uns dias. Possivelmente este fim de semana feche”, afirmou o sargento. 
Devido a estes problemas, em alguns dias na segunda quinzena do mês de julho, o quartel ficou fechado de 12 a 24 horas. Conforme o Corpo de Bombeiros, na sexta-feira passada, dia 28, o quartel não funcionou das 8h às 20h. Neste período, um soldado atendia os telefonemas e repassava as ocorrências para o quartel de Montenegro. 
Já no sábado passado, dia 29, o quartel esteve aberto das 8h às 20h. As atividades funcionaram normalmente a partir das 8h de domingo (30) às 8h de segunda-feira (31). Entretanto, depois deste horário, o quartel ficou fechado por 24 horas. 
Entre terça (1º) e quinta-feira (3), o quartel funcionou normalmente sem fechar. O sargento Camargo aguarda o recebimento de horas extras para organizar a escala do efetivo e os horários de atendimento do Corpo de Bombeiros de Taquari.
 
Problema recorrente
 
O quartel do Corpo de Bombeiros de Taquari vem enfrentando diversos problemas para manter o funcionamento. Conforme publicado no jornal O Fato Novo, o Município vinha, desde o mês de maio, realizando reuniões em Porto Alegre, na Secretaria de Segurança Pública e na Assembleia Legislativa, para impedir o fechamento definitivo do quartel, que ficou temporariamente fechado por vinte dias naquele mês. O quartel voltou as atividades no dia 29 de maio, e desde então vem funcionando normalmente.
Em entrevista, o Comandante do 2° Batalhão do Corpo de Bombeiros, Tenente-Coronel Carlos Daniel, afirmou que a reabertura foi possível devido ao envio de cotas de horas extras. Neste período, o efetivo ficou composto por quatro militares por turno, além dos bombeiros voluntários. Porém, ele afirmou, na época, que a situação para o mês de junho era incerta.
No mês de julho, o secretário de Segurança Pública, Cezar Schirmer, recebeu uma comitiva de Taquari para tratar do assunto. Na ocasião, o prefeito de Taquari, Emanuel Hassen de Jesus, o Maneco, ressaltou a necessidade de manter o quartel do Corpo de Bombeiros de Taquari aberto, uma vez que atende não só o município como também Triunfo, Tabaí e as ocorrências em trechos da BR-386 e RSC-287.
“A nossa maior preocupação é a possibilidade do fechamento do nosso Corpo de Bombeiros, que inclusive ficou fechado uns dias no mês de maio por falta de efetivo e horas extras”, disse Maneco. Schirmer disse desconhecer a informação de que o quartel iria fechar. “Não sei de onde é que surgiu esse negócio de que Taquari fecharia o Corpo de Bombeiros. Não vai fechar nada”, garantiu.
 
 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por