Taquari, 16 de Agosto de 2017
NOTÍCIAS
04/08/2017
PubliCIDADE: Por uma rotina mais prática, voto sim!

Você já pensou que pode estar vivendo com algo extremamente desnecessário, sugando sua energia, e você nem percebe?
Repense se é necessário estar se preocupando tanto com aquele problema seu (ou de outro), se é necessário estar mantendo algo na sua casa que você precisa cuidar muito e nem utiliza, ou se é necessário manter uma “amizade” com alguma pessoa que você não aguenta, e que por educação fica tratando bem.
Eu cheguei à conclusão de que meu cabelo era uma situação destas. Meu cabelo muito comprido já não era mais meu, eu era dele! Ele se tornou mais uma vida para eu cuidar. Deitávamos na cama eu, meu marido e meu cabelo. Tomávamos banho eu, e meu cabelo. E o pior é que essa outra vida (meu cabelo) já mandava em mim. Nos horários de banho, na roupa, e até fazia eu me sentir melhor ou pior conforme a sua situação!
Fico imaginando meu corpo destinando energias para os órgãos ao início de um novo dia. O cérebro mandando “combustível” para seus “funcionários”... Quanta energia meu cabelo tirava do resto do corpo? E para quê?
Sem falar em todo precioso tempo que ele me roubava. Isso que nunca fui de ficar cuidando, mas o tempo de lavar e desembaraçar já me cansa só de lembrar.
Pense na sua rotina corrida, o tempo que você dedica e cada coisa, será que não tem nada sobrando aí? Diga não ao que o irrita, o abusa e o consome de alguma forma. Livre-se do que lhe suga as energias, independente da opinião alheia...
Por uma vida mais prática, com menos “mimimi”, com menos culto à beleza e à moda... Eu voto SIM!
 
Daphne Becker

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por