Taquari, 15 de Dezembro de 2017
NOTÍCIAS
19/05/2017
PAVERAMA: Projeto da nova fábrica da Fruki ainda não está pronto

Já se passou um ano do anúncio de que Paverama foi o município escolhido pela Fruki para sediar a nova unidade fabril da empresa. Embora a data prevista para início das operações da fábrica no município seja até 2020, segundo o informado pela empresa, através de sua assessoria de imprensa, até agora, o projeto da construção ainda não está pronto.
Segundo a Fruki, não há datas estabelecidas para início da construção em Paverama, tendo em vista que ainda trabalha na elaboração do projeto, o qual é bastante complexo. “Não temos data específica para dar início às obras, mas temos data para começar a produzir, que é o ano de 2020. O espaço permitirá que tenhamos várias linhas de produção, pequenas e versáteis”, explica o diretor-presidente Nelson Eggers, através de sua assessoria de imprensa.
O investimento inicial é de R$ 80 milhões. Segundo a empresa, também não há, ainda, definição sobre o número de funcionários que serão contratados para atuar em Paverama, nem previsão de faturamento da unidade no município. Em Paverama, serão produzidas bebidas energéticas e funcionais, sucos e chás. A segunda fase do projeto para Paverama prevê a fabricação de cerveja Fruki, a partir de 2025.
 
Saiba mais
 
A unidade de Paverama se juntará à estrutura da Fruki, que conta com matriz e parque industrial situados em Lajeado, além de Centros de Distribuição localizados em Canoas, Pelotas, Caxias do Sul, Santo Ângelo e também junto à matriz. Atualmente, as sete linhas de produção automatizadas têm capacidade para fabricar até 420 milhões de litros de bebidas por ano, produzindo refrigerantes da marca Fruki, os suplementos energéticos Frukito, a água mineral Água da Pedra e a linha Sabores Intensos, com Água Tônica e Citrus.  A empresa também está lançando o energético ELEV. A Fruki possui cerca de 1.000 profissionais.
 

VÍDEO

No dia 16 de maio, um bugio que estava no Bairro Praia teve um choque ao deitar-se sobre os fios de energia elétrica. Ele caiu dos cabos da rede e foi socorrido por pessoas que estavam nas proximidades, entre elas, o agricultor Seloí Lang, conhecido por Nego do Rincão, que fez massagem e assoprou sua boca.

mais vídeos

 
CLIMA
 
EDIÇÕES
Contato
(51) 3653.3795
(51) 3653.4719
(51) 9861.6358

Copyright © Jornal O Fato Novo 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por